23 de julho de 2024

Operação interestadual da Polícia Civil reprime crime organizado

Operação Tepes, liderada pela Polícia Civil do Amapá, efetuou 78 ordens judiciais para coibir o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e organização criminosa.
Operação interestadual coibe crime organizado. Foto: Lucas Brito/Polícia Civil
Operação interestadual coibe crime organizado. Foto: Lucas Brito/Polícia Civil

As polícias civis do Amapá, Pará, Amazonas e Santa Catarina realizaram uma grande operação conjunta, nesta quarta-feira (13), para cumprir 78 ordens judiciais, inclusive mandados de prisão contra oito criminosos, dentre eles, duas lideranças de facções do crime.

Foto: Lucas Brito/Polícia Civil
Foto: Lucas Brito/Polícia Civil

O primeiro, um conhecido líder de um grupo criminoso do Rio de Janeiro no Amapá, foi detido na cidade de Palhoça (SC). Já em Ananindeua (PA), foi preso outro individuo, também reconhecido como liderança do crime organizado. Ele estava de posse de armas de fogo calibre 9mm. Em Macapá, dois homens também foram presos em flagrante por tráfico de drogas e um outro por posse ilegal de arma de fogo do tipo pistola calibre .40. Um homem está foragido.

Foto: Lucas Brito/Polícia Civil
Foto: Lucas Brito/Polícia Civil

A operação se baseou na investigação feita pela Delegacia Especializada em Tóxicos e Entorpecentes (Dete), da Polícia Civil do Amapá, que constatou, em seis meses, um ativo esquema de tráfico de entorpecentes entre estados. Em Tabatinga (AM), que é uma rota do tráfico por fazer fronteira com a Colômbia, os bandidos usavam empresas fantasmas para movimentar mais de R$ 9 milhões.

Os policiais, além das prisões efetuadas, cumpriram 24 mandados de busca e apreensão, 56 bloqueios de contas bancárias, além de sequestro de veículos, embarcações e valores em contas. Os investigados irão responder por tráfico ilícito de drogas, pertinência a organização criminosa e lavagem de capitais. Somadas as penas, pode-se chegar a 43 anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.