15 de julho de 2024

Prioridade zero – por Edinho Duarte

Você já viu falar da expressão "zero à esquerda", empregada para qualificar alguém como uma nulidade? Afinal de contas, quanto vale um zero à esquerda?

É muito comum, principalmente no meio político, a gente ouvir falar a expressão “minha prioridade zero”:

– Se eu ganhar as eleições, saúde será “minha prioridade zero”!

-Educação é “minha prioridade zero”!

-Você é “minha prioridade zero”!

Para começo de conversa, numericamente falando, o zero representa “nada”. E neste caso, uma ausência total de valor. Todavia, semanticamente, esse algarismo pode ter um valor infinitamente grande, sendo totalmente indispensável. 

Você já viu falar da expressão “zero à esquerda”, empregada para qualificar alguém como uma nulidade?  

Afinal de contas, quanto vale um zero à esquerda?

A origem dessa expressão está na matemática, em que o “zero à esquerda” de um número, não tem nenhum valor. Apesar disso, essa é hoje uma das práticas mais desnecessárias e inúteis que se podem encontrar na arte de falar e escrever. 

Confesso a todos vocês que eu nunca gostei dessa expressão – “prioridade zero”. Para mim, “prioridade zero” é não ter prioridade; e nem por isso é mais prioritário que qualquer outra opção, por exemplo. 

Exemplo de uso de palavra que pode muito bem substituir “Prioridade zero”: 

-A prioridade 01 da minha vida é minha aprovação no vestibular!

Portanto, minha aprovação no vestibular, por isso, pode até ser chamada de “prioridade zero um”, aquilo que vem em primeiro lugar. 

Prioridade é a condição de algo que necessita ocorrer de maneira imediata, preferencial ou emergencial. 

Normalmente a prioridade está relacionada a alguém ou algo importante que ocorre em primeiro lugar, em relação aos demais, seja em questão de tempo ou de ordem.

Na verdade, o conceito da palavra prioridade já é “o que vem antes”; ou seja, em primeiro tempo, a quem devo dar maior importância, o que escolho realizar antes, deixando as outras coisas para mais tarde ou para outras pessoas. 

Então, atenção!

Se alguém te disser: “você é minha prioridade zero”. Não aceite e peça um número – 01,02,03,04 e conte até 10. Caso contrário, você corre o risco de se tornar um “zero à esquerda”!

Por: Edinho Duarte | Jornalista e Pedagogo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.