15 de julho de 2024

ZAGALLO: Pelé da resistência

Ano passado “Pelé” foi oficialmente eternizado na Língua Portuguesa e provocou enorme orgulho ao povo brasileiro, tão carente de motivação dessa natureza. O nome do eterno camisa 10 do Brasil, tornou-se adjetivo e foi incluído no dicionário Michaelis. O novo verbete já entrou no imaginário popular, como alternativa para quem deseja reconhecer qualidades superlativas de algo ou alguém.

As pessoas perguntam, mas o que é um verbete?

Verbete é um texto expositivo, informativo, com linguagem direta, destinado a explicar um conceito. Geralmente os verbetes são encontrados em dicionários e enciclopédias. Verbetes de dicionários, por exemplo, servem para trazer informações dos possíveis significados da palavra procurada.

Nesse caso, a definição de “Pelé” é a seguinte: um adjetivo que pode ser masculino ou feminino — é descrita pelo dicionário como “que ou aquele que é fora do comum; que ou quem, em virtude de sua qualidade, valor ou superioridade, não pode ser igualado a nada ou a ninguém”.

Estamos falando de Edson Arantes do Nascimento; ou simplesmente de “Pelé”, um homem, um nome mundialmente conhecido como uma marca consagrada de sucesso.
Durante sua carreira, “Pelé” fez jus ao apelido de Rei do Futebol, conquistado ainda adolescente.

ZAGALLO VENCEU tem 13 letras

Hoje, eu quero prestar as minhas homenagens póstumas a uma das maiores lendas do futebol mundial, Mário Jorge Lobo Zagallo que morreu aos 92 anos, no Rio de Janeiro, vítima de falência múltipla dos órgãos. O mundo do futebol foi surpreendido, no início da madrugada desse sábado, com a notícia da morte do “Velho Lobo”.

É momento de reverenciar uma figura tão importante que vai além do futebol. A gente precisa lembrar de Zagallo como tricampeão do mundo, mas acima de tudo um homem vitorioso como jogador e técnico de futebol. Um homem apaixonado pela seleção brasileira, Mário Jorge Lobo Zagallo é sinônimo de resistência.

Único tetracampeão mundial na história, o ídolo brasileiro participou de sete edições da copa do mundo, passou por várias gerações, inspirando jogadores e formando uma legião de técnicos de futebol. Por sua longevidade impressionante , como ator principal de grandes conquistas, ZAGALLO merece ser chamado também de “Pelé da resistência“.

Por: Edinho Duarte | Jornalista e pedagogo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.