25 de julho de 2024

Acácio Favacho pede explicações ao Ministro de Minas e Energia sobre aumento de 44% na tarifa de energia elétrica do Amapá

O deputado Acácio Favacho realiza, nessa segunda-feira (18), reunião extraordinária na Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU), na Câmara dos Deputados.

O deputado Acácio Favacho realiza, nessa segunda-feira (18), reunião extraordinária na Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU), na Câmara dos Deputados. Esta semana, durante discussão e votação de propostas legislativas de sua autoria, o deputado apresentou requerimentos pedindo esclarecimentos referentes ao reajuste na tarifa elétrica no Amapá.

“É necessário averiguar junto à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) quais os índices que mais impactaram nessa decisão, que justifiquem a Revisão Tarifária”, afirma.

Favacho pediu ao Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, informações acerca dos índices, bem como a planilha de custos – com comprovantes – que embasaram a proposta de revisão Tarifária extraordinária da Equatorial Energia (CEA), no Amapá, autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O deputado também solicitou ao Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, informações acerca de tomadas de créditos pela empresa GRUPO EQUATORIAL, junto a entidades financeiras, públicas ou privadas.

Também pediu esclarecimentos para o Presidente do Banco da Amazônia, Luiz Claudio Moreira Lessa, sobre informações acerca de tomadas de créditos pela empresa GRUPO EQUATORIAL, junto ao Banco da Amazônia – BASA, para investimentos no estado do Amapá.

Acácio Favacho formalizou a criação da Subcomissão Especial nesta Comissão de Desenvolvimento Urbano com o objetivo de analisar e encontrar soluções para os entraves técnicos e tarifários ao fornecimento de energia elétrica no Estado do Amapá.

“A subcomissão, vem para buscar soluções para os recorrentes problemas dos altos custos que acometem a distribuição de energia para a população amapaense. Espero contar com o apoio dos nobres pares desta comissão para que possamos obter os esclarecimentos necessários acerca desse importante tema para o desenvolvimento urbano do nosso Amapá”, explica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.