25 de julho de 2024

Alinny Serrão é reeleita presidenta da Assembleia Legislativa do Amapá

Com amplo apoio dos demais parlamentares, a deputada estadual tomará posse em fevereiro de 2025.
Foto: Silvio Sousa
Foto: Silvio Sousa

Vereadora por Laranjal do Jari, no Sul do Amapá, entre 2013 e 2017 e depois eleita deputada estadual em 2018 com 8.897 votos, a parlamentar Alinny Serrão (União) (@allinyserrao), a primeira mulher a presidir a Assembleia Legislativa do Amapá – ALAP (@alap.oficial), foi reconduzida, na manhã desta quinta-feira, 15, por 21 votos à exceção de 3 ausências e seguirá no comando da casa de leis no biênio 2025/2027.

Tendo como característica principal em seu mandato a   realização de sessões itinerantes da ALAP, em 2023 foram realizadas 11 em vários municípios, Alinny , cujo atual mandato termina em 2025, concorreu com a chapa única União e Trabalho.

O único deputado que tentou interferir na eleição da parlamentar, Errinelson (PL), provocou o Supremo Tribunal Federal (STF) sobre antecipação de eleição da mesa diretora, mas não obteve êxito, pois o próprio regimento da ALAP dispõe que a eleição pode ser antecipada desde que o candidato esteja no segundo ano da legislatura atual.

A mesa diretora que tomará posse em fevereiro de 2025 será composta por Jaime Perez (PTB) (@depjaimeperez_) como 1º Vice-presidente; Kaká Barbosa (PL) (@dep.kakabarbosa) 2º Vice-presidente; e Edna Auzier (PSD) (@ednaauzier_)1ª Secretária, Jesus Pontes (PDT) (@jesus_pontes_) 2º Secretário, Dr. Vitor (Rede) (@victoramoras) 3º Secretário e Liliane Abreu (União) (@dep.lilianeabreu_) 4ª Secretária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.