25 de julho de 2024

CRM-AP manifesta preocupação com desligamento de médicos do hospital de emergência

O Conselho Regional de Medicina do Amapá CRM-AP, manifesta preocupação com o desligamento de quatro médicos da porta de entrada do Hospital de Emergência Oswaldo Cruz em Macapá-AP, único pronto socorro da Capital.

O Conselho Regional de Medicina do Amapá CRM-AP, manifesta preocupação com o desligamento de quatro médicos da porta de entrada do Hospital de Emergência Oswaldo Cruz em Macapá-AP, único pronto socorro da Capital.

São profissionais que já estavam nas escalas de plantão dos meses de novembro e dezembro. O comunicado oficial sobre o cancelamento de seus contratos ocorreu no dia 07/11/2023, mas os médicos já estavam desligados, sem saberem desde 31/10/2023.

Em virtude de o HE receber grande demanda de todo o Estado do AP, Ilhas do Pará e demais localidades do entorno, a Autarquia teme que a população tenha a assistência prejudicada, principalmente no período dos festejos de final de ano, quando o número de atendimentos aumenta consideravelmente, que naturalmente já é sobrecarregada.

Acompanhe o texto na íntegra no site do CRM-AP : https://www.crmap.org.br/noticias/crm-ap-manifesta-preocupacao-com-desligamento-de-medicos-do-he/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.