23 de julho de 2024

Dados do CAGED mostram elevação na geração de empregos em Macapá

Com obras aos quatro cantos, a capital, além de mais moderna possibilita o surgimento de mais empregos formais – carteira assinada.
Macapá em obras e gerando mais emprego e renda. Foto: Jesiel Braga | PMM
Macapá em obras e gerando mais emprego e renda. Foto: Jesiel Braga | PMM

O novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), órgão que acompanha e fiscaliza o processo de admissão e demissão de trabalhadores assistidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), subordinado ao Ministério do Trabalho e Emprego, avaliou que Macapá alcançou um índice considerável na geração de empregos formais desde 2021, início da gestão do prefeito Antônio Furlan (@dr.furlan).

Naquele ano, em janeiro, a capital havia atraído 51.920 pessoas com carteira assinada. No findar de 2021, a Prefeitura de Macapá havia registrado mais 15.440 empregos formais. Em dezembro de 2023, com um aumento de 7,4% em relação ao ano de 2022, o número subiu para 67.008.

Macapá e seus distritos passam por uma nova fase de diversos investimentos e consequentes obras que oportunizam mais vagas de emprego em todos os setores de infraestrutura, para todas as formações. A meta estipulada pelo prefeito Furlan, de acordo com obras já concluídas e as que ainda estão por vir, é passar dos 80 mil empregos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.