23 de julho de 2024

Julgamento que pode alterar bancada amapaense na Câmara Federal é retomado no STF

O Ministro André Mendonça devolveu o pedido de vistas da ADI 7228 que questiona a totalização de votos das eleições proporcionais de 2022.

O Ministro André Mendonça devolveu o pedido de vistas da ADI 7228 que questiona a totalização de votos das eleições proporcionais de 2022. A acão movida pelo partido REDE pode alterar a bancada de três Estados (Amapá, Rondônia e Tocantins) e uma cadeira no Distrito Federal.

No momento do pedido de vistas, a votação estava em 2×1 contra a tese defendida pelo relator Ministro Ricardo Lewandowiski. Os Ministros Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes defendem o cumprimento e mudança imediata nas bancadas.

Segundo a ADI, a totalização de votos realizada pelo TSE não respeitou a regra de 80/20, na qual o candidato eleito deveria ter no mínimo 20% do quociente eleitoral.

Quem entra e quem sai

A bancada do Amapá seria a mais afetada caso a tese defendida pela REDE seja aceita pela corte do STF. Estão em jogo os mandatos de Augusto Puppio (MDB), Professora Goreth (PDT), Sonize Barbosa (PL) e Silvia Wãipi (PL).

Augusto Puppio (MDB), Professora Goreth (PDT), Sonize Barbosa (PL) e Silvia Wãipi (PL)
Augusto Puppio (MDB), Professora Goreth (PDT), Sonize Barbosa (PL) e Silvia Wãipi (PL).

Seriam beneficiados e assumiriam vaga na Câmara dos Deputados os candidatos Paulo Lemos (PSol), Aline Gurgel (REP), Marcivânia (PCdoB) e André Abdon (PP).

Paulo Lemos (PSol), Aline Gurgel (REP), Marcivânia (PCdoB) e André Abdon (PP)
Paulo Lemos (PSol), Aline Gurgel (REP), Marcivânia (PCdoB) e André Abdon (PP)

O EDNews – Portal de Notícias está acompanhando a ação de autoria do partido Rede, que pode alterar a composição da bancada do Amapá na Câmara Federal.

A matéria é originária do SDB News e teve enorme repercussão nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.