15 de julho de 2024

Carnaval 2024 – por Edinho Duarte

Hoje é sábado de Carnaval! E eu quero aproveitar a oportunidade para falar de Carnaval 2024.

O Carnaval é uma das festas populares mais conhecidas no mundo ocidental, sendo a maior festividade do Brasil. Sua origem remonta à Idade Média e tem associação direta com o cristianismo. O Carnaval chegou ao Brasil, durante o período colonial, caracterizado por diversas brincadeiras, como o entrudo. 

O carnaval faz parte da construção da memória, do incentivo à cultura brasileira e do incentivo à organização popular. Os enredos de samba, por exemplo, são ricos em dados da história brasileira. É um fenômeno de massa integrador que traz o benefício da inclusão social e da integração entre as comunidades, pois abre espaço para a manifestação cultural da população e entretenimento livre e gratuito para todos.

Hoje, no direto da minha playlist vamos falar do carnaval, considerado o mais marcante da história para o povo do Amapá. O ano de 2008, foi para nós Amapaenses, o Carnaval mais lindo de todos os tempos. Macapaba: Equinócio Solar, Viagens Fantásticas ao Meio do Mundo foi o enredo apresentado pela Beija-Flor de Nilópolis no desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro do carnaval de 2008.

A Beija-Flor saiu do Rio de Janeiro para o meio do mundo aqui no estado do Amapá, Inspirada num protagonista que só pode ser encontrado na Amazônia: o beija-flor brilho de fogo. Ele se tornou ator principal da conquista da escola!   Para Selminha, porta bandeira da Beija-Flor, 2008 foi um Carnaval incrível. A Beija-Flor foi campeã do Carnaval de 2007 e tinha pela frente o desafio do bicampeonato em 2008. E ela foi bicampeãníssima! 

O momento foi tão marcante que, no ano seguinte, PIRATAS DA BATUCADA fez uma homenagem à escola carioca, por meio do samba-enredo “Da Fortaleza de Macapá ao Cristo Redentor: Piratão e Beija-Flor, uma maravilhosa história de amor”. O tema fez tanto sucesso que rendeu o título do carnaval de 2009 no Amapá ao “Piratão”. 

Foi fantástico, foi emocionante ver o povo todo cantando na Marquês de Sapucaí o impressionante refrão: 

”Quem foi meu Deus que fez do barro poema

Quem fez meu criador se orgulhar

Os Cunanis, Aristés, Maracás

Foram dez, foram mais pelo Amapá”

Adoro esse trecho da letra da canção carnavalesca campeã do Carnaval carioca 2008: Macapá-Equinócio solar. Viagens fantásticas ao meio do mundo. 

No primeiro dia de desfile das escolas de samba do Amapá, nessa sexta-feira,: Embaixada de Samba, Império da Zona Norte, Império do Povo, Piratas Estilizados e boêmios do Laguinho  fizeram a festa na Ivaldo Veras. E Logo mais , a partir das 22h00 , Emissários da Cegonha, Solidariedade, Maracatu da Favela, Unidos do Buritizal e Piratas da Batucada decidem o título do carnaval amapaense. 

O EDnews-portal de notícias quer saber, quem será o campeão do Carnaval amapaense 2024?

Por: Edinho Duarte | Jornalista e pedagogo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.