25 de julho de 2024

Davi e Clécio lançam “Amapá sem Fome”

Viabilizado por Alcolumbre, em parceria com os governos federal e estadual, o programa oferecerá alimentos para pessoas em situação de fome.
Foto: ASCOM/GEA
Foto: ASCOM/GEA

Um dos principais articuladores e idealizadores do “Amapá sem fome”, ação conjunta entre governos federal e estadual, o senador Davi Alcolumbre (União-AP) disse, nesta terça-feira (17), durante o lançamento do “Programa Amapá Sem Fome”, que o objetivo da proposta é tirar milhares de famílias amapaenses da situação de vulnerabilidade social e, sobretudo, proteger as crianças. Dados do governo amapaense mostram que o Amapá é, hoje, o segundo estado com o maior índice de pessoas que passam fome no Brasil: 13% dos amapaenses encontram-se em situação de escassez alimentar.

Foto: ASCOM/GEA
Foto: ASCOM/GEA

Para reverter o quadro, Alcolumbre, em parceria com a então deputada federal Aline Gurgel (@dep_alinegurgel), hoje secretária estadual de Assistência Social, destinou quase R$ 25 milhões para o desenvolvimento do programa na região. “Quase 25 milhões investidos nesta agenda de proteção às famílias e também às crianças, que é um ato de sensibilidade da política institucional. Temos o primeiro modelo de uma cesta de alimentos nutricional para toda a família e para as crianças de zero a seis anos de idade”, comemorou o parlamentar.

Foto: ASCOM/GEA
Foto: ASCOM/GEA

Desde o início de 2023, o senador Davi tem trabalhado pela ação conjunta de combate à fome no Amapá. Em março, Alcolumbre e Aline se reuniram com o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), Wellington Dias, para discutir soluções para amenizar as consequências das “terras caídas” no Arquipélago do Bailique. Entre os temas abordados com o ministro, estavam medidas para o fim da fome no Amapá.

De acordo com o Cadastro Único (CadÚnico) de Assistência Social, meio milhão de amapaenses vivem em situação de vulnerabilidade social. “E esse número pode ser ainda maior. Por isso, estamos juntos, governo federal, estadual e nós, parlamentares, para trazer recursos federais e, assim, dar esse passo gigantesco para diminuir as desigualdades no nosso estado”, acrescentou Davi.

Foto: ASCOM/GEA
Foto: ASCOM/GEA

Durante a coletiva após o lançamento do “Amapá Sem Fome”, Alcolumbre destacou ainda a união dos representantes do estado, junto à União, para exterminar a fome no estado. “Nos últimos quatro, cinco anos, nosso mandato destinou para essa agenda de proteção das famílias quase R$ 90 milhões em recursos investidos no estado. E esse programa, idealizado pela secretária Aline, foi que proporcionou ao governo implementá-lo e lançá-lo para a sociedade amapaense, de forma a proteger as famílias em situação de risco”, frisou Alcolumbre.

Sobre o programa

O “Amapá Sem Fome” é um programa de segurança alimentar e nutricional que busca a implementação de políticas públicas efetivas para reduzir a insegurança alimentar no estado. Serão oferecidas cestas às famílias com sete itens básicos do kit alimentação, além de outro kit exclusivo para a primeira infância – de zero a seis anos de idade. Também serão oferecidas refeições em restaurantes populares, banco de alimentos e vale-gás. “É importante lembrar que, entre 2020 e 2022, no Brasil inteiro, dobrou a população em insegurança alimentar. E o Amapá é o segundo estado que mais passa fome no Brasil. Por isso, lançamos o maior programa de segurança alimentar e nutricional do nosso estado. É para alcançar quem precisa , quem está realmente passando fome ou aquela família em situação de insegurança alimentar e nutricional”, frisou o governador amapaense.

Foto: ASCOM/GEA
Foto: ASCOM/GEA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.