15 de julho de 2024

Petróleo e Gás

Assembleia Legislativa promove seminário para impulsionar o setor de petróleo e gás no Amapá.
Foto: ASCOM/ALAP
Foto: ASCOM/ALAP

Assembleia Legislativa promove seminário para impulsionar o setor de petróleo e gás no Amapá.


Nesta terça-feira (05), a Assembleia Legislativa do Estado do Amapá (ALAP), por meio da Frente Parlamentar em Defesa da Exploração do Petróleo e Gás na margem equatorial, realizou o 1º Seminário “Prepara Amapá” no auditório Dalto Martins, das 8h às 17h30. O evento teve como objetivo resgatar informações iniciadas na Audiência Pública do Oiapoque, estabelecer parcerias com instituições de educação, empresas fornecedoras de petróleo e gás, e prefeituras de cidades que experimentaram desenvolvimento nos últimos 30 anos. Além disso, buscou disseminar as possibilidades e oportunidades da cadeia produtiva do petróleo em quatro painéis temáticos.

Em seu pronunciamento, a presidente da ALAP, deputada estadual Alliny Serrão (@allinyserrao), expressou gratidão pela dedicação do deputado estadual Delegado Inácio à agenda de desenvolvimento do Estado. Além disso, ressaltou a relevância da colaboração entre os poderes legislativo e executivo, agradecendo a presença do governador em exercício, Antônio Teles Júnior (@telesjr.ap). Durante o discurso, Serrão ressaltou as oportunidades de desenvolvimento decorrentes da exploração de petróleo na Costa do Amapá, destacando a importância da participação coletiva da população e das autoridades para superar desafios e garantir benefícios ao Estado. Ela também sublinhou a necessidade crucial de equilibrar o desenvolvimento econômico com a preservação ambiental, enfocando a responsabilidade na exploração do petróleo.

Foto: ASCOM/ALAP
Foto: ASCOM/ALAP

Precisamos nos preocupar com o meio ambiente, mas também é fundamental compreender a importância da extração de petróleo na Costa do Amapá, que está batendo à nossa porta. Queremos abordar esse assunto com responsabilidade e comprometimento. Sem dúvida, este debate é crucial para aprofundar nosso conhecimento e melhorar continuamente, graças à contribuição de todos. Muito obrigada mais uma vez pela presença de todos“, ressaltou a presidente.

O governador em exercício, Antônio Teles Junior, ressaltou a necessidade de aproveitar as oportunidades existentes no Estado, transformando desafios em iniciativas inovadoras que impulsionem o crescimento econômico:

A gente precisa entender também a importância da extração do petróleo na nossa Costa do Amapá, nós queremos fazer isso também com muita responsabilidade“, destacou.

O deputado estadual delegado Inácio ressaltou a necessidade de uma colaboração efetiva, unindo esforços para criar e disseminar informações, marcando assim o início de um movimento direcionado aos objetivos do seminário. Ele enfatizou a abrangência do evento, que ultrapassa os limites do “Prepara Amapá“, representando o marco inicial de um amplo movimento que engloba o governo, a Assembleia Legislativa, associações empresariais e prefeituras.

Hoje, estamos em um seminário denominado ‘Prepara Amapá’, mas que, na verdade, é o primeiro evento de um grande movimento que todos nós, aqui em conjunto, estamos gerando. O governo do estado, a Assembleia Legislativa, as associações representantes dos empresários, as prefeituras, o poder municipal, que possamos juntos encampar essa caminhada em busca desse objetivo: tornar o estado do Amapá e seu povo aptos a aproveitar as oportunidades que se avizinham, aproveitar as oportunidades que a indústria do petróleo traz junto com toda a sua cadeia produtiva.“, frisou o deputado.

O superintendente de Exploração da ANP, Luciano Lobo, em seu pronunciamento, agradeceu ao convite da presidente Alliny Serrão e do deputado Inácio. Ele enfatizou que gerencia, juntamente com uma equipe de 40 servidores públicos, responsável por cerca de 70 contratos, atualmente em vigência no Brasil. Luciano Lobo abordou o cenário atual da margem equatorial brasileira, a transição energética e o desenvolvimento sustentável.

Cerca de 52% dos projetos de petróleo estão na margem equatorial. A Petrobras vai investir em torno de 3 bilhões de reais só na exploração na margem equatorial nos próximos 5 anos“, disse o superintendente.

Foto: ASCOM/ALAP
Foto: ASCOM/ALAP

O presidente da Gasmar (Companhia Maranhense de Gás), Allan Kardec, ressaltou a necessidade de investir no Amapá. “Se a gente não investir na margem equatorial, o Brasil retorna àquilo que era antes“, disse.

Ao encerrar, a presidente da ALAP agradeceu a presença de todos e reforçou a importância do debate para aprofundar o conhecimento sobre as oportunidades que a indústria do petróleo pode oferecer ao estado do Amapá.

Estiveram presentes: Presidente da ALAP, Alliny Serrão (União), governador em exercício, Antônio Teles Junior, deputado delegado Inácio (PDT), deputada Dayse Marques (SSD), deputado Lorran Barreto (PSD), deputado Jory Oeiras (PP), deputada Zeneide Costa (Podemos), deputada Aldilene Souza (PDT), Sebastião Machado (Petrobras), Fabiana Ramos (Petrobras), presidente da Companhia de Gasmar, Allan Kardec, superintendente de Exploração na ANP, Luciano Lobo (participou online), diretora técnica do Sebrae, Suelem Amoras, prefeito do município de Amapá e presidente da AMEAP, Carlos Sampaio, Karina Fragoso (Firjan), Gustavo Robichez (PUC-Rio), Robson Matos (Sebrae Bahia), Lara Ayres (Prefeitura de Rio das Ostras).

O Seminário “Prepara Amapá” foi organizado em quatro painéis temáticos essenciais:

  • Petróleo e Gás na Margem Equatorial: Exploração das potencialidades da região e as oportunidades para o setor.
  • Infraestrutura e Modelos de Negócios: Abordagem de projetos nacionais, estaduais e municipais, além de iniciativas privadas, relacionadas à infraestrutura.
  • Perfil do Trabalhador nas Atividades de Petróleo e Gás e a Formação de Pessoas: Estabelecimento de parcerias para a qualificação profissional e intermediação no mercado de trabalho.
  • Potencialidades e Oportunidades de Negócios no Amapá: Fornecimento de informações técnicas e legais aos empreendedores interessados em atender à crescente demanda do setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.