15 de julho de 2024

Prefeito Dr. Furlan entrega novo corredor de trânsito que interliga os bairros Brasil Novo e Sol Nascente

Inauguração da obra aconteceu com uma corrida de rua, com percurso de 5km.

O prefeito de Macapá, Dr. Furlan, inaugurou na manhã deste sábado (13), o corredor de trânsito que interliga os bairros Brasil Novo e Sol Nascente. A nova via será denominada Valderi Alencar Lima, de acordo com o projeto de Lei n° 002/24.

A cerimônia de inauguração da obra aconteceu com uma corrida de rua, com percurso de 5km para todos participarem.

O investimento total na obra foi R$ 6.217.756,72 (seis milhões, duzentos e dezessete mil, setecentos e cinquenta e seis reais e setenta e dois centavos) do Tesouro Municipal.

Durante os três anos da gestão do prefeito Dr. Furlan, foram entregues três vias de interligação: Via Expressa Anníbal Barcellos; Via de Interligação Hildebrando Gurgel e Via de Interligação Valderi Alencar Lima.

Hoje é um grande dia para os macapaenses, em especial os moradores do Brasil Novo, que agora têm uma via de interligação para agilizar os deslocamentos. Esta inauguração demonstra o compromisso da gestão, com o desenvolvimento da mobilidade urbana de Macapá”, disse Dr. Furlan, prefeito de Macapá. 

Sandro Fernandes, morador do bairro Brasil Novo há 23 anos, mencionou que melhorias na comunidade estão sendo realizadas. Ele também expressou animação em conhecer o novo trajeto e em participar da celebração dessa conquista ao correr pela nova via.

A interligação da via Brasil Novo – Sol Nascente representa um grande avanço para os moradores. O bairro está sendo visto pela Prefeitura de Macapá como parte do desenvolvimento e melhoria da mobilidade urbana”, relatou. 

A corredora Lucideia Portal estava acompanhada de amigas para correr na via. Ela não é moradora do bairro, mas aproveitou para praticar o esporte favorito. 

Para nós corredores, esse evento da entrega desta obra é mais um espaço para praticarmos nosso esporte. Além de realizarmos nossas atividades físicas, teremos a oportunidade de conhecer a via de interligação”, comentou.

Via Valderir Alencar

A nova via será denominada Valderi Alencar Lima, de acordo com o projeto de Lei n° 002/24. Localizada entre as Avenidas Pinhal e Orlando Silva, a via possui 1km e 598 metros de extensão, mais 10 metros de largura.

Foram executados os serviços de drenagem profunda e superficial; regularização e compactação do solo; pavimentação em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ); meio fio; sarjeta; calçamento, ciclovia, bem como sinalização vertical e horizontal.

Ao longo da via, foram instalados 120 postes e luminárias em led pela Companhia de Iluminação Pública, Energia Sustentável e Saneamento do Município de Macapá (CIPEMAC).

A Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (SEMOB) foi a executora e fiscalizadora dos trabalhos.

Mais arborização na via

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Postura Urbana (SEMAM) realizou o plantio de 128 mudas de árvores por toda a extensão da interligação. Foram inseridos 101 Pau-Brasil e 27 Flamboyants. Essa iniciativa de  arborização visa embelezar a área e garantir temperaturas amenas no entorno da nova via.

Plano Municipal de Arborização

O plantio de árvores oferece sombreamento e ajudam a regular a temperatura e umidade, além de trazer qualidade de vida para os munícipes. A gestão municipal implementou iniciativas para tornar a cidade mais verde e bonita.

Histórico do homenageado

Valderi Alencar Lima nasceu em 13 de fevereiro de 1927 no município de Maranguape, Ceará, filho de Pedro Lima de Andrade e Joana Alencar Lima, chegou ao Amapá em 1951 e faleceu aos 93 anos. 

Ele exerceu diversas funções públicas, incluindo Guarda Territorial, agente policial, detetive da polícia civil, delegado e subprefeito de Laranjal do Jari.

Em 1951, Guarda Territorial e agente de polícia civil no Território Federal do Amapá.  Em 1957, foi detetive na polícia civil do ex-Território Federal do Amapá  e, em 1962, delegado de polícia na instituição. 

Durante os anos de 1980 a 1981, foi subprefeito de Laranjal do Jari. Além de seu compromisso  com a sociedade nos cargos públicos, ele cultivava uma paixão pela agricultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.