24 de julho de 2024

Operação Crateras | Polícia Federal fala do passo-a-passo da operação que afastou o prefeito de Oiapoque/AP

Veja os vídeos em que o delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula fala da dinâmica dos acontecimentos.
Delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula | Operacão Crateras | Vídeo: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá
Delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula | Operacão Crateras | Vídeo: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

Veja os vídeos em que o delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula fala da dinâmica dos acontecimentos.

Delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula | Operacão Crateras | Vídeo: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá (@pfamapa)

APREENSÃO DE GRANDE QUANTIDADE DE DINHEIRO DE ORIGEM SUSPEITA

Delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula | Operacão Crateras | Vídeo: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá (@pfamapa)

DESVIO DE RECURSOS PÚBLICOS FEDERAIS

Delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula | Operacão Crateras | Vídeo: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá (@pfamapa)

TRÊS PESSOAS PRESAS, APREENSÃO DE ARMAS E GRANDE QUANTIDADE DE MUNIÇÃO

Delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula | Operacão Crateras | Vídeo: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá (@pfamapa)

VICE-PREFEITO É COMUNICADO DO AFASTAMENTO DO CHEFE DO EXECUTIVO MUNICIPAL

Delegado da Polícia Federal Wagner Oliveira de Paula | Operacão Crateras | Vídeo: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá (@pfamapa)

As determinações cautelares do Juiz Federal Convocado, da 1ª Região, Pablo Zuniga Dourado, que resultou na Operação “Crateras”, da Polícia Federal, no Município de Oiapoque, resultou também na suspensão do exercício da função, pelo período de 6 meses, do Prefeito Breno Lima de Almeida, sem prejuízo de reavaliação posterior.

Além do prefeito, também ocorreu a suspensão do exercício funcional, pelo mesmo prazo, dos investigados Marlon Wabe dos Santos Ramos, Joelson Dias Lima, Flávio Alves de Carvalho e Lucas Batista; além da proibição de acessarem ou frequentarem a sede da prefeitura e outros órgãos da administração pública do município.

Outros investigados, ficaram proibidos de se ausentar, de manterem contatos entre si e de saírem do estado sem autorização judicial, inclusive essa última proibição, também atingiu o prefeito Breno Lima e sua esposa, Wellida Souza Lima.

O Ednews – Portal de Notícias, apurou que no ato de cumprimento das diligências na residência do prefeito Breno Lima, foram encontradas munições de calibres diversos, sem licenciamento e de origem estrangeira, além de um silenciador, sem documentação comprobatória de autorização para compra, o que resultou na prisão em flagrante do gestor municipal.

Operacão Crateras | Polícia Federal | Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá
Operacão Crateras | Polícia Federal | Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá (@pfamapa)
Operacão Crateras | Polícia Federal | Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá
Operacão Crateras | Polícia Federal | Foto: Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá (@pfamapa)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política de Privacidade

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar o conteúdo. Mais detalhes na Política de Cookies em nossa Política de Privacidade.